Exposição número vinte e quatro

Exposição número vinte e quatro

A “Exposição número vinte e quatro” celebra um importante momento de expansão para a Sé, que abriu suas portas em abril de 2014.

Expansão física do espaço com a inauguração do anexo Sé, localizado no prédio ao lado da galeria, que agora abriga nosso acervo, biblioteca e uma sala que pode ser ocupada com exposições ou dar voz a projetos experimentais.

Expansão do time de artistas com a entrada de Carlos Issa, da dupla Franz Manata e Saulo Laudares, Gustavo Speridião e Pontogor.

É a primeira coletiva da galeria com obras de todos os artistas representados. Não se trata porém de eleger trabalhos guardados em acervo, mas de um exercício de entendimento da produção atual de cada um e conferir visibilidade àquilo que nunca foi visto ou estava em produção. São obras que estavam em gavetas, da galeria ou dos artistas, e que precisavam de motivo para tomarem sua posição no mundo. Todas as salas da galeria são ocupadas pela produção dos treze artistas, considerando cada trabalho individualmente e a possibilidade de diálogo efetivo entre eles. Inevitavelmente algumas questões conceituais agruparam-se. No primeiro andar, há divagações políticas de toda ordem, explícitas ou poéticas. No segundo andar encontram-se os artistas viajantes: celebração da paisagem, da poesia e da cor.

No entre meios há sempre espaço para metafísica, para a celebração, para a música e para o desejo de ocupar espaços, e circular modos de pensar a serem desvendados no percurso e, principalmente, o desejo de estar juntos.

Rua: Roberto Simonsen , 108

São Paulo / CEP 01017-020

tel+ (11) 3107-7047

Abertura

01.07.2017

Visitação

terça a sexta 12h - 19h, sábados 12h - 17h

sábados 12h - 17h

sáb / 12 - 17h

(Lorem ipsum)